quinta-feira , 2 dezembro 2021

CONFERÊNCIA DE MEIO AMBIENTE DO BUJARI FOI UM SUCESSO

DSC_0820_640x425A Prefeitura Municipal do Bujari, através da Secretaria Municipal de Agricultura e do Departamento de Meio Ambiente, em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente – SEMA, realizou no último 24 de julho a II Conferência Municipal de Meio Ambiente. O evento aconteceu no Centro de Cultura e Florestania do município, e reuniu a sociedade civil organizada e poder público para a discussão em torno da Política Nacional de Resíduos Sólidos

O setor empresarial também foi convidado mas não teve representantes no evento. Mobilizada pelo Ministério do Meio Ambiente, a Conferência trouxe como principais eixos para discussão a Geração de Emprego e Renda, Redução de Impactos Ambientais, Produção e Consumo Sustentáveis e Educação Ambiental. Foi uma das etapas integrantes da 4ª Conferência Nacional de Meio Ambiente, que será realizada em outubro na capital federal, com o lema “Vamos Cuidar do Brasil”.

DSC_0817_640x394Estiveram presentes no evento o prefeito Tonheiro Ramos, o secretário municipal de agricultura Jairo Silva de Moraes, a diretora do Departamento de Meio Ambiente Fabiana Regina, a filha de Chico Mendes e representante do gabinete do senador Aníbal Diniz, Ângela Mendes, a representantes da SEMA, Fátima Silva, representantes da SEMEIA de Rio Branco, o presidente da Câmara Municipal do Bujari, Daniel Melo, a equipe do portal ACPURUS, secretários municipais, representantes religiosos e representantes do Movimento de Mulheres Camponesas, Sindicato de Trabalhadores Rurais, e do Centro de Trabalhadores da Amazônia -CTA.

DSC_0801_640x425A Conferência foi aberta à participação popular e delegou três representantes, com seus suplentes, para a etapa estadual que acontecerá em setembro. Dois representantes foram escolhidos da sociedade civil, um do poder público, e como não teve representatividade, o setor empresarial não pode ter delegado. Os delegados levarão as propostas de políticas públicas concebidas no debate, que visam minimizar os impactos ambientais no município, causados pelo descarte impróprio dos resíduos sólidos.

 

378863_267305240070654_1112408194_n_640x480A diretora do Departamento de Meio Ambiente do município, Fabiana Regina, conta que o evento só foi possível com a recente criação do departamento, que trouxe uma visão diferenciada para a gestão do prefeito Tonheiro. “Nas gestões passadas, a questão ambiental era vinculada às secretarias de obras e de agricultura, o que gerava uma demanda muito grande nessas secretarias. Isso implicava na impossibilidade de se ater às questões ambientais, uma vez que tinham suas próprias demandas”, afirma Fabiana.

Fabiana Regina diz que a Conferência cumpriu as expectativas e obteve propostas bastante elaboradas.“A participação foi ativa, as discussões foram bem fundamentadas. Tivemos uma ampla visão com relação aos impactos ambientais no município, colocadas pela população em geral, não apenas pelo poder público. Todos ficaram cientes que em poucas semanas os resíduos sólidos do município serão enviados para a Unidade de Tratamento de Resíduos Sólidos (UTRE), em parceria com a cidade de Rio Branco. Outro ponto bem discutido foi a reativação do galpão de reciclagem da Igreja Católica, a população pede que o poder público entre em parceria para reativá-lo”, diz.

a angNo final do evento, cada participante pode levar uma muda de planta, de madeira nobre ou fruteira, doadas pelo Viveiro da Floresta, e houve um sorteio de DVDs da vida do ativista ambiental Chico Mendes, doados por sua filha Ângela Mendes.

 

 

FOTOS DA CONFERÊNCIA

Joabes Guedes

Fotos: Edimar Aurilio

Deixe uma resposta