domingo , 17 dezembro 2017

TIME DO SERINGAL VALPARAÍSO FATURA O TÍTULO DA COPA DA FLORESTA 2014

10653638_521687601297507_3022904483624202405_nO município de Sena Madureira sediou neste mês de setembro o maior evento esportivo do Acre. A Copa da Floresta 2014 completou 15 anos de existência no vale do Iaco e em mais uma edição alcançou um resulto extremamente positivo. Neste ano, 98 times dos rios Iaco, Caeté, Purus e Macauã, além das estradas e ramais, participaram da competição. O evento foi iniciado na manhã de quinta-feira, 4, sendo encerrado somente no final da tarde de domingo, 7 de setembro.

Após quatro dias de muita bola rolando, os times Val Paraíso x É Nós chegaram à grande decisão. O Val Paraíso, do rio Purus, eliminou na semifinal o Laranjal II, com um gol de cabeça do zagueiro James. Já o time É Nós, do rio Iaco, eliminou o Três Marias, do macauã, nos pênaltis. Na final, o jogo terminou empatado em 0 x 0 e o título foi decidido nas penalidades. O É Nós desperdiçou duas cobranças. Já o Val Paraíso converteu suas chances e pela segunda vez na história da Copa da Floresta saiu do campo do Grêmio consagrado.

10678659_728194323882806_8155674452234725841_nVal Paraíso dedica o título ao jogador que está desaparecido nas águas do Purus

O time do seringal Val Paraíso, grande campeão, veio participar da Copa da Floresta desfalcado, após sofrer um duro golpe. Um de seus jogadores conhecido pelo apelido de “Lila” desapareceu nas águas do rio Purus há dias atrás e até o presente momento não foi encontrado. Os jogadores dedicaram a ele o título 2014. “A emoção é muito grande. A equipe não veio pra cá como deveria porque infelizmente perdemos um companheiro nosso. Oferecemos essa vitória pra ele”, destacou o zagueiro James.

“Graças a Deus conseguimos mais um título para a nossa comunidade. A trajetória não foi fácil, mas deu tudo certo. Queremos agradecer o empenho de cada jogador e parabenizar toda organização da Copa da Floresta por esse belíssimo evento que nos garante a oportunidade da prática do esporte e do lazer. No ano que vem, se Deus quiser, estaremos aqui novamente”, confirmou o jogador Enoque, capitão da equipe.

10622921_728195040549401_8801950391963692325_n“Evento foi prestigiado por mais de 8 mil pessoas”, enfatiza Hermano Filho

O idealizador da Copa da Floresta é o professor e vice-prefeito de Sena Madureira, Hermano Filho. Ele disse ter ficado muito contente com o desfecho da competição, já que tudo transcorreu dentro da normalidade. Outro ponto positivo foi a participação do público que mesmo diante de uma temperatura elevada não arredou o pé do campo do Grêmio. Nos quatro da Copa, segundo estimativa da organização, mais de 8 mil pessoas estiveram prestigiando as partidas. “Graças a Deus saiu tudo conforme o planejado. Tivemos a felicidade de recebermos 98 times, 1.400 jogadores e centenas de torcedores. Passaram por aqui em torno de 8 mil pessoas nos quatro dias de evento. Quero agradecer a minha filha Hamanda, proponente executiva desse projeto, ao prefeito Mano Rufino, ao governo do estado e a todos os nossos parceiros. Trata-se de um grande evento que garante a inclusão social das pessoas via esporte, além de movimentar a economia do nosso município, enfim, estamos todos felizes com o resultado da Copa da Floresta 2014”, comentou Hermano Filho.

10624561_728195133882725_9069427697548149194_n“Essa é a nossa Copa do Mundo. A Prefeitura é parceira desse projeto”, comenta Mano Rufino

O prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino (PR) esteve presente na Copa da Floresta do início ao fim. Na cerimônia de fechamento da Copa, Rufino disse que esse é um evento muito importante para o município, por isso, a Prefeitura também atua como parceira. “Desde que assumimos a administração municipal temos apoiado a Copa da Floresta no sentido de equipar as equipes, colaborando de um modo geral. É a nossa Copa do Mundo. Parabéns as equipes participantes, ao time Val Paraíso que foi campeão, enfim. Está de parabéns também o professor Hermano e equipe pela organização do evento. Quem ganha, com isso, é a nossa cidade”, ressaltou.

Outro destaque: Time indígena fica entre os seis melhores

Outro destaque deste ano foi a participação das equipes indígenas. O time da aldeia extrema ficou entre os seis melhores da Copa da Floresta, sendo eliminado somente na 5ª fase para o Laranjal II. No tempo normal, os indígenas equilibraram o jogo e só perderam nas penalidades.

Neste ano, visando equipar mais ainda as equipes participantes, foram entregues 40 camisários, faltando somente 17 para que todos os times sejam contemplados.

O grande campeão, Val Paraíso, recebeu troféu, medalhas e 1.200 reais. Já o vice-campeão, É Nós, foi agraciado com 700 reais. Houve, ainda, a premiação de 300 reais para o artilheiro (foram dois atletas que dividiram este valor) e mais 300 reais para o goleiro campeão.

O projeto da Copa da floresta foi aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte, do governo do estado, contando com o apoio da Prefeitura de Sena Madureira e empresários locais.

Val Paraíso e É Nós irão representar Sena Madureira futuramente em um grande evento que ocorrerá no estádio Arena da Floresta, em Rio Branco.

Assessoria PSM

10628326_728195213882717_477059661565733425_n

Deixe uma resposta