quinta-feira , 18 janeiro 2018

NOVOS PROFISSIONAIS DO MAIS MÉDICOS SÃO ACOLHIDOS NA SESACRE

mais

Os quatro médicos são acreanos formados no exterior (Foto: Cedida)

Os quatro médicos que chegaram ao Acre nesta segunda-feira, 29, para integrar a equipe de profissionais do  programa Mais Médicos, do governo federal, participaram na tarde desta terça-feira, 30, da primeira reunião de acolhimento promovido pela coordenação da Comissão Estadual no Acre.

Todos os médicos são acreanos formados no exterior. Dois deles irão atuar no Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) do Purus. Os outros dois vão para Tarauacá e Acrelândia. No Acre, mais de 160 médicos do programa atuam em unidades de saúde.

A reunião contou com a presença de representantes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Ministério da Saúde (MS), Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), distritos sanitários especiais indígenas (Dseis) do Alto Purus e profissionais da atenção primária. O encontro faz parte da programação de acolhimento, para que os médicos conheçam a história do Acre, os dados sobre a assistência à saúde no Estado e as incidências epidemiológicas da região, a fim de reforçar o atendimento na rede pública de saúde dos municípios acreanos.

Maria Luciana de Assis, formada em Cuba, irá para o Dsei do Purus. Ela conta que está animada para começar a trabalhar. “Tenho algumas amigas que são da etnia Yawanawá, e esse contato já me serviu de base para atuar na área e colaborar para a melhoria da saúde do povo indígena. As expectativas são as melhores possíveis”, disse.

De acordo com Márcia Andrea Morais, coordenadora da Comissão Estadual do programa Mais Médicos no Acre, após participarem da acolhida, os profissionais seguirão para o Dsei do Alto Rio Purus, Tarauacá e Acrelândia, preenchendo assim 100% das vagas destinadas aos municípios acreanos, por meio do edital 01/2015.

Deixe uma resposta