domingo , 17 dezembro 2017

Secretaria municipal de Assistência Social retoma atividades do SCFV em Sena Madureira

DSC_0852 (Copy)A Prefeitura Municipal de Sena Madureira, por meio da Secretaria da Assistência Social, retornou as atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). As atividades dos grupos da SCFV estão localizadas no Clube da AABB, para crianças e adolescentes de 7 a 14 anos, e no antigo prédio do Projovem situado na Avenida Avelino Chaves, para adolescentes de 15 a 17 anos.

Participaram do encontro solene, a secretária Municipal de Assistência Social, Meire Serafim, a subsecretária Fátima Mendes e toda a equipe de Serviço Social na cidade, bem como o vereador Dos Anjos (PMDB).  Na ocasião, foram apresentadas as equipes que vão desenvolver as atividades com os grupos de crianças e jovens. Entre eles, os coordenadores Everton Moreira, Imaculada Smith e Edimar Almeida.

DSC_0836 (Copy)Para a secretária de Assistência Social, Meire Serafim, o serviço traz um benefício importante para Sena Madureira. “O SCFV dá às crianças em situação vulnerável a oportunidade de participar de uma série de atividades. Só de não estarem na rua, mas em um ambiente que proporciona tudo isso, já é um benefício muito grande”, avalia.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) é resultante do reordenamento disposto na Resolução CIT nº 1, de 21 de fevereiro de 2013, que unificou os Programas de Erradicação do Trabalho Infantil, Programa Projovem Adolescentes e Programa de atendimento em Grupos para Pessoa Idosa.

Seu propósito é elaborar eventos, campanhas educativas, mobilizações e parcerias com instituições e autoridades para conscientização da luta contra o trabalho infantil.

Saiba mais sobre SCFV:

DSC_0817 (Copy)O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças é um serviço de proteção social básica ofertado de forma complementar ao Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF), principal serviço de proteção básica, direcionado também ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Tem por foco no desenvolvimento de atividades com crianças, familiares e comunidade, para fortalecer vínculos e prevenir ocorrência de situações de exclusão social e de risco, em especial a violência doméstica e o trabalho infantil, sendo complementar e diretamente articulado ao PAIF. O SCFV é aberto aos usuários da Política de Assistência Social.

Inclusão

Considera-se situação prioritária para inclusão no SCFV, as crianças, adolescentes e pessoas idosas: em situação de isolamento, trabalho infantil, vivência de violência e, ou negligência, fora da escola ou com defasagem escolar superior a dois anos.

Além disso, incluem-se os que estão em situação de acolhimento, em cumprimento de medida socioeducativa em meio aberto, egressos de medidas socioeducativas, situação de abuso e/ou exploração sexual, com medidas de proteção do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), crianças e adolescentes em situação de rua, vulnerabilidade que diz respeito às pessoas com deficiência.

DSC_0864 (Copy) DSC_0862 (Copy) DSC_0841 (Copy) DSC_0833 (Copy) DSC_0831 (Copy) DSC_0820 (Copy) DSC_0926 (Copy) DSC_0921 (Copy) DSC_0816 (Copy) DSC_0812 (Copy) DSC_0810 (Copy)

ASCOM PMSM

 

 

Deixe uma resposta