terça-feira , 26 setembro 2017

TJAC busca parceria do MPAC para reduzir índices de violência doméstica no estado

_DSC0841 (Copy)Á frente da coordenadoria de Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC), a desembargadora Eva Evangelista, visitou nesta segunda-feira, 3, o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto, para tratar de novas parcerias que visam a redução nos índices de violência doméstica no estado.

O encontro teve a presença da coordenadora do Centro de Apoio à Vítima (CAV), procuradora de Justiça Patrícia Rego, da corregedora-geral de Justiça, Katia Rejane de Araújo Rodrigues e do procurador-geral adjunto para Assuntos Administrativos, Carlos Maia.

Na ocasião do encontro, a desembargadora agradeceu o apoio permanente do MPAC e reforçou a importância da parceria que visa o aperfeiçoamento da coordenadoria da violência domestica e familiar instituída pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no estado.

“Fizemos essa visita com o objetivo de estabelecer parcerias com o MPAC, uma vez que que o órgão já tem um brilhante trabalho sendo desenvolvido por meio do CAV. Queremos estabelecer esta parceria porque precisamos de todos os envolvidos nessa rede de apoio para avançarmos em soluções para esta problemática”, ressaltou a desembargadora.

O procurador-geral de Justiça agradeceu a parceria contínua do parquet acreano e garantiu o apoio do MPAC no desenvolvimento de ações e projetos que beneficiam a população e o estado do Acre.

“Podem contar conosco, pois isso vem ao encontro do que estamos fazendo na instituição, inclusive no que tange à redução nos índices de violência doméstica no Acre. Contem com o Ministério Público do Estado do Acre e vamos avançar numa nova agenda institucional”, propôs Oswaldo D’Albuquerque.

 

Ana Paula Pojo – Agência de Notícias do MPAC

 

Deixe uma resposta