terça-feira , 17 outubro 2017

Jovem do Acre supera dificuldades e realiza sonho na Festa do Peão de Barretos

page

A cantora Tarciana Alencar agradece a Nossa Senhora Aparecida pela cura de um câncer.  Créditos: André Aranha

Uma história de superação e devoção. Há 4 anos, a jovem Tarciana viajou 5 mil quilômetros de Mâncio Lima, cidade que fica no interior do Acre, até Barretos. Ela estava com um tumor ósseo em estágio avançado e teve que amputar a perna esquerda. “Eu vim no avião pedindo a Nossa Senhora Aparecida que me desse forças para conseguir chegar em Barretos. Nossa Senhora representa minha cura espiritual e física. Devo minha vida a Nossa Senhora Aparecida”.

O tratamento foi feito no Hospital de Câncer de Barretos. Mal sabia ela que sua história em pouco tempo mudaria da água para o vinho.  Recuperada, hoje ela cursa o 3° ano do ensino médio e compete na categoria Três Tambores de paratletas. Além disso, a jovem de 16 anos conseguiu entrar no mundo sertanejo.

“Depois do tratamento, fiquei tocando em casa, escondida. Depois, surgiram algumas oportunidades para fazer shows pequenos. Só que o único violão que eu tinha quebrou, e fiquei 2016 inteiro sem tocar”.  Tarciana contou com a ajuda de amigos para consertar o violão. “Graças a Deus, não queria interromper meu sonho”.

Agora, ela se prepara para um desafio incrível. Nesta quinta-feira (24), Tarciana Alencar vai cantar na abertura do Rodeio Internacional.  “Vou fazer um homenagem para o Cavaleiro das Américas”, conta orgulhosa.  Ansiosa, ela não vê à hora de chegar o momento tão esperado, “vai ser uma grande oportunidade para mostrar para as pessoas o meu talento. Espero que tudo de certo”.

Ela garante que a amputação da perna não atrapalha em nada. “Hoje jogo bola, participo de competições de Três Tambores e canto. Quero mais o que? Faço tudo que amo. Agradeço muito aos meus pais que sempre me apoiaram, e que se mudaram comigo para Barretos. Tudo para me ver curada e realizada”, diz emocionada.  Com informações: Os Independentes.com.br

 

Deixe uma resposta