sexta-feira , 30 outubro 2020

Igrejas realizam missa e culto via web para não haver aglomeração por causa do Coronavírus

20200322_091138_800x450Com o objetivo de prevenir os fiéis para que não venham se contaminar com o Covid-19, as igrejas católicas e evangélicas do município de Sena Madureira, desde domingo (22), não estão mais realizando as missas e cultos presenciais e sim através da Web via LIVE pelas redes sociais.

De acordo os pastores e padre, estão obedecendo o Decreto Governamental, como também as normas de segurança para a suade da população, que diz evitar o máximo possível o grande número de pessoas em um único local, o qual a aglomeração de pessoas fica mais vulnerável os seres humanos a contraírem este virus.

A igreja católica Nossa Senhora da Conceição que tem como pároco o frei Moisés falou que conta com vários meios de comunicação, para a propagação do Evangelho de Jesus Cristo, além das transmissões ao vivo que deram inicio sábado passado pela página oficial do facebook da paróquia, a igreja também conta com um canal de televisão com a sua programação local, que é a TV IACO canal 7, que também está transmitindo as missas e outras programações e ainda as rádios Difusora AM e Aldeia FM 105.9. “Queremos pedir a nossa população muita oração e que Deus possa abençoar nossa cidade para que este vírus não venha atingir o nosso município”. A nossa fé em Deus nosso pai tem que permanecer firme, pois estamos obedecendo as normas de segurança para a saúde de todos os fiéis. Destacou o Frei Moisés. Vale salientar que as missas estão acontecendo ao vivo todos os dias as 18:00 horas.

O pastor Celso Gregório da Assembléia de Deus, junto com os demais pastores, também estão realizando suas transmissões ao vivo pela rede social, onde estão realizando os cultos em seus templo com apenas as equipes de filmagens e apoiadores. “Deus está nos dando um exemplo que devemos mais nos aproximarmos dele, e a hora chegou, portando peço a toda comunidade que possamos nos ajoelhar e aclamar a Deus pedindo que nos livre deste virus que afetou o mundo”. Falou.

Deixe uma resposta