quinta-feira , 2 dezembro 2021

Policial Murbanense é ameaçado e operação conjunta entre as Policias Civis de Sena e Manoel Urbano prende o acusado

7ebe327f-28af-4a37-bff7-1c1f1891f79bNa tarde deste sábado, a Polícia Civil de Sena Madureira e Manoel Urbano prendeu M.S.P de 20 anos na cidade de Manoel Urbano. M.S.P ameaçou de morte um policial lotado na Delegacia de Manoel Urbano após o agente público verificar informação de que M.S.P estava na posse de produtos de crime. A ameaça ocorreu na frente da filha do policial de apenas 5 anos.

Imediatamente ao tomar conhecimento dos fatos, a delegada titular tomou as medidas cabíveis e representou pela prisão preventiva do investigado, a qual foi deferida pelo juízo de plantão. Para fim de dar cumprimento ao mandado de prisão, a equipe de Sena Madureira sob a coordenação do Delegado Marcos Frank se deslocou prontamente à Manoel Urbano e, durante o cumprimento da ordem judicial de busca e apreensão também representada e deferida, logrou êxito em apreender substâncias entorpecentes e materiais utilizados para embalagens das drogas.

c56b70aa-56dc-4ee0-841d-141c5e1dce42Foram presos em flagrante M.S.P e sua companheira E. C.F por tráfico e associação para o tráfico, sendo certo que ambos já foram presos anteriormente por delitos da mesma natureza e estavam em liberdade prestando serviços à comunidade.

A atuação da polícia civil foi pronta e imediata como resposta à ameaça sofrida pelo policial com união de forças pelas equipes de Sena Madureira e Manoel Urbano.

“Moramos em uma cidade pequena e sabemos exatamente quem é quem. Trabalhamos duro e estamos prendendo com frequência faccionados na cidade sem qualquer temor. A atuação no combate à criminalidade, especialmente ao narcotráfico, está intensa e não vamos admitir qualquer ameaça ou tentativa de intimidação contra nossa atuação. Hoje o recado pela polícia civil foi dado: qualquer um que tentar se voltar contra a polícia será preso imediatamente. INADMISSÍVEL qualquer tipo de ameaça ainda mais na frente de uma criança de 5 anos”,  pontuou a Delegada Mariana Gomes.

Purus Acontece

Deixe uma resposta